domingo, 26 de dezembro de 2010

Meu fim de ano ta sendo super legal. Meu natal foi divertido demais,
tudo de bom que há invadiu minha familia e nossa festa nao poderia ter sido melhor!
Agora eu to na ressaca do nataal, só ouvindo umas musicas calmas pra voltar pra correria dos estudos amanhãã... E LERÊ!
To ouvindo Alicia Keys - If I Ain't Got You.
Tipo ela arrasa: voz&piano. arrasa mesmo! Linda a musica, arrasa!

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Oyendo una canción para ti, para mi, e que me lleve al pensamiento... para vivir y expresar todo lo que yo siento...
Ah eu to tão bem... de verdade...
Meu anoo foi atípico, atemporal, a-eu. Mesmo assim foi um ano que me rendeu tanto tanto tanto conhecimento.
E nao levem minha superficialidade a niveis rasos porque eu nao me restrinjo a conhecimentos didáticos que caem num vestibular.
Falo de conhecimento, de experiencia.. da que se pode viver com 18 anos -para que nao pensem que eu estou tentando acelerar minha idade.
Pra um ano como esse não há úma musica, um poema ou um artista que o consiga definir. 2010 tem se feito em  um sincretismo das mais interessantes artes expressões.
Eu estou satisfeita comigo mesma. Tenho consciencia de que estive ausente nta vida de pessoas que me sao fundamentais e sei que talvez alguns tenha sofrido essa ausencia, mas eu nao me arrependo de te-lo feito.
Me tornei menos dependente de tantaa gente e aprendi a viver melhor comigo mesma. Até o ano passado eu nao era minha amiga.. eu era alguem com que eu tinha que conviver e pronto. Eu nao gostava de mim o bastante para querer o meu bem e a minha felicidade, e para fazer o possivel por isso, como se faz por amigos. Esse ano eu me tornei minha amiga. E nossa, como isso é bom.
Eu sinto SAUDADES de todos os meus amigos, de muitos da minha familia.. mas eu aprendi a me preencher com o que eu tenho de bom, assim eu vou oferecer o meu melhor pra todos eles.
O natal chegou e eu nem me toquei... O_O auehuehauae amanha é natal... eu nao gosto de largar meus textos no meio, mas eu nao quero mais escrever. Eu só queria mesmo era falar que eu to legal assim... que graças a Deus ta tudo dando certo... tudo..

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

SESI

Formatura do SESI ontem, minha irmã era a formanda mais lindaa de todaas!!
Revi a Solange e a Selma, chorei em quase todos os momentos da formatura, foi nostálgico demais...
Só quem já estudou no Sesi e teve a oportunidade de entrar em contato com toda aquela magia das pessoas de lá, é que sabe do que eu estou falando.
Escola e pessoas que nunca vão sair do meu coração. Tudo foi lindo, ótimo, e dentro de mim é eterno.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Todas as mais importantes primeiras fases estão feitas.
Passei pela primeira maratona: enem, unesp, unicamp e fuvest... tudo vai dar certo, né?!
É nisso que eu tenho me esforçado para acreditar.
Nao sei se fui, se fui mal, se foi suficiente.. até o dia 20 de dezembro meu coraçao vai estar agoniadoo...
enfim, tudo que eu tenho que fazer eh esperar.
Estou feliz pelo apoio da minha familia... todo mundo aqui em casa tem sido muito compreensivo e amável comigo.  Isso tem sido fundamental, tem me estruturado. Eu estou feliz, mesmo sem saber de resultado nenhum, nao me faltou estudo, eu sei que eu estudei.

sábado, 6 de novembro de 2010

Hoje foi o primeiro dia do Enem, amanhã tem mais. A Maratona ta só começando,
a era da marmita no ano que vem acabar e SE DEUS QUISER eu vou almoçar naquele bandeijão ano que vem.
Eu nunca quis tanto um bandeijao na minha vida.
IP Usp 2011, se tudo der certo (yn)!
Mãããããe eu te amo!

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Aaaaaaaaaaaah graças a Deeeus acabou aquela historia de "dedo no cu". kkkk A historia nao foi essa, mas essa expressão marcou. Graças a Deus acabou -pra mim e pra Tami, acabou. Tudo que eu queria era falar, mostrar como as coisas estavam acontecendo do lado de cá porque ate entao o que ninguem entendia era, de veerdade, como a coisa ficou tao grande.
Estamos faladas... do lado de cá, está tudo bem. Eu estou leve, aliviada de verdade, e amanhã meu dia vai ser show de bola!

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Eu ia escrever várias coisas diferentes, até que eu li o blog da Bru... sempre ela, direta ou indiretamente me fazendo pensar trocentas vezes mais.
Mas demorei tanto pra voltar aqui, que amanha talvez eu escreva algo. Desculpem por eu estar toda esquisita.

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Nãoo sei, de verdade não sei.
To ouvindo muito Sin Bandera.. a coisa deve ta feia.

domingo, 10 de outubro de 2010

Acordei...

Acordei agora. Meu final de semana foi ótimo mas é muito óbvio que poderia ter sido tudo muito diferente, tudo muito melhor.
Fase final e passar por essas coisas agora não é legal.
Bem ou mal ainda estou com um milk shake de sensações. Não sei como vou agir frente aos ultimos acontecimentos. Ao mesmo tempo que me da vontade de ligar o foda-se pra tudo eu me preocupo com as consequencias disso, e com o fato de eu poder ou nao estar pronta para isso.
Ainda não estou entendendo muita coisa, mas pra me ajudar a pensar melhor, eu procuro pelos meus pais, falo pra eles exatamente o que aconteceu e eles me abrem o olho pra um ou outro erro que eu devo corigir. Diferente do que vinha acontecido eles me pediram pra ficar calma comigo mesmo, primeiro porque o nervosismo nao me leva a nada e só quem mora aqui em casa sabe dos reflexos dele em mim; segundo porque eu nao exagerei, nao chutei a barriga de ninguem, pra ser tratada assim, dessa forma eu exageraria ficando nervosa, entao ok, eles são meus guias, e eu tento segui-los mesmo que instintivamente na maioria das vezes.
Já entendi que agir por impulso nunca foi bom, e que me esconder (esconder o que eu tenho dentro de mim, principalmente) é pior ainda. Então a partir de agora é seguir numa boa... vou deixar as coisas acontecerem, e meus anjos da guarda me guiarem. Venha o que vier, e sei que nada do que acontece na nossa vida é por acaso.

domingo, 3 de outubro de 2010

Conselho

Deixe de lado esse baixo astras, erga a cabeça, enfrente o mal, e agindo assim será vital para o seu coração.
É que em cada experiencia se aprende uma liçao. Eu ja sofri por amar assim, me dediquei mas foi tudo em vão.
Pra quê se lamentar se em sua vida pode encontrar quem te ame, com toda a força e amor?! Assim, sucumbirá a dor.
Tem que lutar, não se abater, só se entregar a quem te merecer. Não estou dando, nem vendendo, como o ditado diz, o meu conselho é pra te ver feliz.

sábado, 2 de outubro de 2010

"Façamos da interrupção um caminho novo.
 Da queda um passo de dança, do medo uma escada,
do sonho uma ponte, da procura um encontro!"

(Fernando Sabino)

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

F5

Sem desespero e sem tumultos no meu blog.
Minha vida parece linear. Todos os dias acordar cedo, ir ao cursinho e estudar, chegar em casa a noite, jantar e dormir.
Sim, todos os dias, e mesmo assim, eu não sei ao certo o que é rotina.
Todas essas sensações, planos, emoções, expectativas, decepções, conquistas, uma arranha-céus de incertezas me acometem, a cada dia mais intensamente e quando eu me dou conta disso, percebo que eu adoro tudo isso.
Os meus objetivos estçao cada dia mais difíceis de serem alcançados, e eu já me desesperei muito mais por bem menos. Na iminência de me descontrolar uma áurea ou talvez alguma outra parte de mim suspira aos meus pensamentos e me faz notar que desesperar como antes, não é o melhor caminho.
Em Bauru, em Santos, em São Paulo, Campinas ou em Avatar... não importa onde eu estiver, tudo dará certo, eu preciso estar preparada.

PS: A saudade dos meus amigos, todos eles, é a cada dia um fato maior, mais latente, mais incisivo. Ironicamente a ausencia de todos eles me deixa mais concentrada e mais focada em perder ou adiar esses ultimos meses agora, para que no ano que vem todo o sufoco tenha passado e a melhor parte de mim seja dispensada inteiramente sobre aqueles que ainda estiverem lá. Minha familia é fundamental em tudo que me ocorre, minha irmã principalmente (ver a Tayna chorando com a ideia de me saber morando em Bauru foi triste, mas foi lindo) e todos os que estão na minha rotina, desde o Pipoca, o Rui, o Sr. Nilo, até minhas amigas todas, o Gordo, o Henrique e o despreocupado do Tide, tudo isso me sustenta e mesmo em meio a tanto medo e tanta insegurança, mesmo isolada e silenciada, eu ainda não me sinto sozinha. E só mesmo Deus e eu sabemos o quanto isso é bom.

sábado, 4 de setembro de 2010

Tarde demais é uma expressão cruel.



Tarde demais é uma hora morta.



Tarde demais é longe à beça.



Não é lá que devemos deixar



florescer nossas descobertas.


segunda-feira, 30 de agosto de 2010

De verdade, eu nao quero escrever aqui, To zoada, e digo isso em todos os sentidos. Deus, que bagunça... whatever. Eu nunca soube lidar com nada mesmo, e seja aqui ou em seis anos atrás, mesmo nao sendo o melhor a fazer, eu sempre fui covarde o suficiente pra me esquivar de tudo. Raras as vezes em que eu enfrento de fato as minhas dificuldades, independente das consequencias. Nunca foi facil viver com isso, nao vai passar a ser agora.
Amanha tudo continuará igual, eu é que estou diferente.
E aquele livro chato do Eça de Queiroz ta me dando nos nervos, eu acho que nunca vou acabar aquilo e juro, preciso muito etomar a concentraçao porque ta really hard.
Repito eu to zoada, e nao sei até quando isso vai durar.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

All my secrets

Me inscrevi na unicamp e os estudos estao indo muito bem. Consegui dar um jeito na agenda do final de semana que estava perturbada e agora meus objetivos voltam a se encaixar. Meu coraçao continua com aquela saudade da amizade da qual eu 'abri mao' e tem feito tanta tanta tanta falta.
Eu sei que ele tem problemas, tem conquistas, tem novidades e eu me fiz afastada de tudo isso. Foi pra me proteger, hoje me machuca, mas tem dado pra seguir com isso. Se algum dia essa amizade tiver que vingar, eu sei que nao a deixarei escorrer pelas mãos novamente.
Até lá, minha concentraçao está 90% nos estudos, e os outros 10% se dividem em todo o resto da minha vida. Sim, nesse segundo semestre, mais do que nunca, meus olhos estao todos voltados aos vestibulares e a necessidade de ser aprovada. Tudo que eu tenho nas costas agora, conhecimento, chateaçao, questionamentos, inseguranças e acréscimos só estao em mim porque eu me permiti tê-los... tudo que há acumulado de alguma forma reflete como experiência... e algumas coisas na vida nunca são demais.
Até aqui sou grata a todos que ainda se manifestam, se fazem presentes.. é incrivel a fé que eu sempre pude depositar em vocês, porque eu sei o quanto estou ausente, e ainda assim os tenho. Talvez o resto da minha vida nao seja suficiente para retribuir meu carinho, minha gratidao, meu respeito.
Minha familia tem sido X em todas as minhas escolhas. Me incentivando, me desmotivando, me acordando, me inspirando... depende do humor de cada um deles, da minha situaçao com cada um deles. Fato é que estando nós brigados ou nos dando bem, eles sempre deixam que eu perceba no que eu estou errando, no que eu acerto, no que eles acreditam em mim, no que eles acham que é preciso mudar e no quanto eu preciso acreditar em mim mesmo.
Não é uma nuvem de segurança que pairou sobre minha cabeça, mas uma carga de ideias, pensamentos e eu diria até que de sinais, me mostrando da importancia da minha fé em Deus, nos meus pais e em mim mesma.... alguns acontecimentos recentes, antigos, isolados ou que se encadearam têm borboletado a minha frente e clareando algumas noções.... Sentimentos muito intimos, pensamentos muito isolados sendo apresentados e reapresentados a mim pelos meus sonhos, pelos meus momentos em 'offline' ou pela iniciativa totalmente inesperada de terceiros, quartos e quintos que me procuram para falar, todos eles, as mesmas coisas...
Existe uma áurea de nao sei o quê, vinda nao sei de onde me alertando ou me protegendo nao sei de quem, talvez de mim mesma. Verdade é que eu tenho me sentido bem assim. Ao longo dos dias isso vai se aprimorandoo.... só Deus sabe qual será meu discurso daqui certo tempo.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

aaaah me deixa falar

Me deixem falar. Isso, ME deixem falar, com 'me' no começo da frase mesmo, porque eu quero que se dane a gramática. Eu quero falar, sem me importar com a acentuaçao, pontuação ou até com o entendimento disso na hora de ler. Eu quero escrever na velocidade do meu pensamento, eu quero colocar a transparencia da minha alma aqui, eu quero que algumas pessoas leiam coisas que eu sinto e nem sempre tenho coragem de falar, eu quero que todo mundo ou pelo menos que essa pagina do blog que as vezes pede pra eu escrever algumas coisas provando que eu sou uma pessoa (que moral essas paginas tem pra duvidar da minha humanidade?) entenda. Eu quero tirar de mim essa sensação, esse êxtase, essa coisa boa. e quero dividir isso com todo mundo. Antes que qualquer um se pergunte, NÃO, eu não vi passarinho verde, eu nao passei por nada de extraordinário eu nao recebi nenhuma noticia muito animadora, pelo contrario, recentemente eu tenho recebido chuvas de desmotivação, mas hoje não.
Hoje eu nao me matei de estudar, e que Deus me perdoe por isso, e que ele guarde minha vaga la na usp mesmo eu nao tendo estudado hoje, enfim, que Deus me abençoe. Mas o que eu quero falar é que hoje eu nao me matei de estudar, porque logo de manha vi minha amiga chorando de raiva e eu sabia que ela precisava de ver caras novas, de ouvir orientaçoes que eu nao poderia dar.Fui com ela a uma palestra, sobre medicina... nao sei porque tem gente querendo me convencer de que eu deveria prestar medicina. Galera, desencana, a nota é alta, eu nao atingiria e mais importante que isso: eu nao quero. Nao, eu nao quero, na boa. Linda  a profissao... o cara la o palestrante muito fodasticolão mesmo sabe.. ele falou tudo da profissao, prós e contras, ele falou da vida dele, das dificuldades tals - que profissao linda, incrivel, a coisa é MARA!, mas nao é comigo, sabe?
Ele falando da sensação boa de saber que ajudou alguém, da 'liberdade' que a profissao fornece por permitir relaçao DIRETA e PARTICULAR médico-paciente... ele falou que nada é melhor que isso... e dr. Riad mt foda, eu concordo...mas e que, salvas as devidas proporçoes, a psicologia me permite isso.
 O médico é muito importante, meu Deus, o médico é o cara!, mas o médico não faz transplante de medula em nenhum leucêmico enquanto este não se convencer de que precisa disso, de que o otimismo e a força de vontade dele podem o curar... ele nao vai receber medula ou outros pacientes talvez não aceitem passar pelos tratamentos que forem, se nao estiverem bem preparados psicologicamente... nem o sr, dr fodidaoo operaria bem um paciente se nao estivesse certo do que esta fazendo, se nao estiver mt bem controlado e orientado profissional e emocionalmente. Além de tambem ter determinada liberdade e gratificação por ajudar a galera, eu dificilmente precise ficar 36, 38 horas sem dormir, dando plantao, me lascandoo e sem ver minha familia... Eu imagino o quanto isso é prazeroso pra um medico, mas é cansativo pra mim... Monami, Tami, coisinhas fofas da Mayara.. eu ADMIRO VOCES PRA CARALHOOOOOOO porque medicina é lindooooo.... mas não é pra mim. Desencanem, eu quero mesmo é ser psicóloga, mesmo que eu tenha que entrar na curva de ciencias biológicas pra isso, eu quero ser psicóloga. OK.

Partee dooois daa minha almaa going out...
Ahhhhhhhhhhhhhhhhhh... os meus anjoooooos!!! SIM, porque tanta gente especial assim.. devem ser todos anjos que Deus me enviou pras mais variadas e importantes finalidades: me tirar do tédio quando eu to saturada, me fazerem companhia mesmo que seja fadigando, pra me tirar do fundo do poço mesmo que eu ja esteja la em baixo, pra me proteger quando eu vou atravessar a rua, pra se fazerem indispensaveis mesmo q eu nunca entenda porque, pra confiarem em mim e deixarem eu me sentir util,pra me deixarem confiar neles e me sentir mais segura, pra nao deixarem que eu faça bobagem, pra nao deixarem eu comer demais, pra terem certeza que eu estou me alimentando, pra me mostrar os tons cor-de-rosa do mundo, pra me darem choques de realidade... enfim, pra me mostrarem o caminho, a direção e o sentido da felicidade pela qual minha vida será regida. Voces... voces que se encaixaram mesmo que em 0.25 de qualquer coisa que eu falei.. voces ja foram em algum momento da minha vida,ou talvez ainda sejam meus anjos!!!

Meus pais ao me darem força, ao confiarem em mim e ao me tirarem do serio pq eu to fazendo besteira mas acho que estou certa.. sao meus anjos guias e acolhedores.. Minha irma que mesmo sem saber de cada canto da minha vida, se preocupa comigo e compartilha a nossa vida, é um anjo doce e fiel, acima de tudo.
Meus amigos... Sao meus anjos motivadores, acolhedores, conselheiros, companheiros... sao minha guarda, minha luz, meu horizonte assim como todos os anjos devem ser... eu nao sei, talvez eu nunca saiba explicar pra cada um de voces o infinito de importancia e de amor que eu sinto,por cada um.
Peço perdao a todooooooo mundo que eu nao citei... mas é que esses,mais presentes na minha vida agooooraa, e aqueles que sao os que me conhecem melhor, eu precisoo falaar deles.. preciso mesmo, mesmo que eles nao leiam, eu tenho que soltar!!!

Brunaa.... você é a melhor amiga que uma pessoa pode ter.. todas as pessoas do mundo precisam de alguem como você e eu sou afortunada por te ter. Juro. As palavras nao se organizam em disciplina suficiente pra se fazerem compreensiveis. Eu nao me acho merecedora da sua amizade e mesmo assim vc me da o melhor delaa. eu te amo tanto bruuu... poucos sabem o que eh uma amiga como voce! ♥♥ ♥ ♥
Guilherme você é incrivel, nao me esquece, nao me desampara, confia em mim, mesmo que a gente esteja longe eu nao te esqueço, eu te amo tanto. Obrigada por tudo.
Thiago.. pretoooo... voce eh o melhoooooooooooor nas fofocas, nas brizas, no silencio, sabe? nos conselhos nao, vc eh pessimo em conselhos, mas vá lá, vc tem cor de feijao. e eu te amoo mesmo assim! UHSAUISAHUSAHU voce eh incrivel.. eu NUNCA vou conseguir te esquecer..

Manuuuuuuu!! Pima minha linda, meu animo, minha luz, minha motivaçao, meu fortee!!!! AI QUE SAUDADE!! QUANTA FALTA DE VOCEE!!! Nossa... voce eh indispensavel, a melhor companhia, manu, juro OH SE VOCEE SOUBESSE... sua piriguete. eu te agradeço até por me irritar taaaaaaaanto... porque cada carinhaa que voce vive fazendo, aquela levantada de sombancelha, seus tiques nervosos, tudo isso faz tanta faltaaa que eu acho que quero ter isso o resto da vida. eu te proibo de ficar longe. eu te amo sua vaca.
Meninaaaaaaas!!! Ingrid e Tamires, principalmente... COMO VOCÊS SÃO IMPORTANTES! EU JURO, EU NUNCA VOU CONSEGUIR EXPLICAR! Mas eu passei as férias inteiras estudando, eu passo todos os dias estudando, a gente erra tantaa coisaa besta e do lado de voces, é divertido, é prazeroso. Voces sempre estão ali comigo, voces respeitam tanta coisa em mim que incomoda muita gente. Voces me ouvem quando percebem que eu quero falar, voces nao me perturbam quando eu quero ficar quieta... alguem deu meu manual pra voces duas? HEIM? Eu me sinto muito, muito, muito, MUITO BEM MESMO em dias como hoje, em que eu chego em casa e vou dormir sabendo que amanha eu vou ter voces.. voces sao anjos, sao incriveis, especiais demais.. Meu vetor e minha pretinha.. todos os dias com voces, sao todos os dias, os melhores dias do mundo. Eu nao sei, e nem me arrisco a dizer, por quanto tempo ainda teremos noticias e frequencia na vida uma das outras.. mas eu Afirmo que hoje, voces sao minha sustentaçao. Durante esses ultimos dias, em que eu to quase caindo, sao voces quem estao me segurando, nao porque outros amigos meus nao o fariam, eu sei que fariam, mas por algum motivo que somente Deus conhece, sao voces que estao lá comigo e nao me deixam cair. Eu sou grata a voces, infinitamente por acreditarem em mim e por me mostrarem a importancia de pessoas taoo grandiosas quanto voces na minha vida.. eu sinto por voces duas um carinho, respeito, admiraçao um sei lá o que tao grande... que eu talvez nunca consiga expressar, mas eu afirmo que eu sinto. MUITO OBRIGADA POR CADA DIA, ILUMINADO OU CHUVOSO, AO LADO DE VOCES... Cada instante é uma aprendizagem, e cada momento vale a pena. ♥

Ana Vitoria,Stella.. eu sinto falta de voces, sinto mesmo. Queria demais qe voces estivessem com a gente todos os dias. mas nao pensem que eu esqueço de voces.
Stella eu sinto saudade de saber que vc esta bem, esta protegida 'em  baixo da minha asa'.. eu sinto com uma irmã mais velha que deixou a mais nova se virar sozinha, sem dar cobertura ou proteçao... espero que voce nao esqueça que vc sempre terá em mim um colo amigo. eu te amo looiraa!!
E Anaaaaaaaa.. voce ta com o Tide, companhia de RUSSO! Eu me preocupo pô! Se ele te fazer algum mal me avisa que eu incorporo um Stalin ou até Hitler pra acabar com a raça dele. sahushausahu
Monamiiiiiii..... voce eh uma bonecaa... sempre tenta me mostrar que eu consigo, que eu posso, e sempre parece querer me fazer enxergar além do que eu de fato seja... nao sei se isso eh sempre bom, mas eu vejo no seu rosto que voce faz por bem. Voce tem sido boa companheira de brisa durante as aulas... e eu nao sei porque mas eu realmente gosto muito muito mesmo de voce!!
Leticiaa voce eh uma raridade... "uachacha!!" kkkkkkkkkkk como vc é especial... tao especial q eu ja fiz até um post aqui só pra voce.. percebe? entao, eh pq nao eh 'BRINKS' amiga,, eh maior que isso. Ir atrás de mim na rua antes mesmo que eu começasse a chorar, foi muitoooo fofo. Eu quero muito ter teu colo mesmo quando eu estiver velhinha. E por favor, entenda que meu colo tbm é seu, por tempo indeterminado, incontavel e incorrigivel. Eu te adoro, e é de fato MUITO carinho em pouquissimo tempo. Eu ja te falei e posso apostar, vc eh um ser especial. Obrigada por tudo.
Henrique, Gordo, Tide.. os tres sao muito diferentes mas eu preciso muito de voces todos os dias!! *_*

Eu devo tanto a voces. minha familia, meus amigos, meus anjos que eu talvez nunca consiga pagar nem deixar de me sentir em divida. Isso aqui foi um post súbito e muito grande que brotou da essencia de mim mesma porque eu tive essa necessidade de tentar fazer alguem ou alguma coisa entender como é mais brilhante a vida de qualquer pessoa, quando esta é abençoada por anjos como vocês! Muitooo muito muito obrigada mesmo!!!!!
Eu vou dormir agoraa.. cheiaa de pontos pra conquistar nos simulados, nos vestibulares... mas eu vou dormir em paz, porque eu tenho voces.... e voces sempre terão a mim. Eu amo voces, juro mesmo.

domingo, 8 de agosto de 2010

Cotidiano

Bem mais que o tempo que nós perdemos, ficou pra trás também o que nos juntou ♪


É fato que mesmo tentando ser forte, controlada, determinada, concentrada e seja lá o que for, eu ainda estou mal. Meu coração sente vazio, sente frio, dor, saudades, faz perguntas que ninguém vai me responder e dá respostas à questões que eu nunca fiz.
Essa semana deu-se por medo, insegurança, amizades saudáveis postas em risco e aquele sentimento novamente colocado a prova. Honestamente, eu não consigo mais conviver com isso que eu sinto, eu me sinto cada dia mais frágil com essa dor e a presença dela... se eu pudesse não vê-lo todos os dias, se eu pudesse não ter que passar horas no mesmo ambiente que ele, se eu tivesse do que sentir saudades. Desde que começou, esse sentimento me fez mal, me perturbou, me trouxe agonia e meus pensamentos positivos, meu esforço para me concentrar em tantas coisas MUITO mais importantes, minha boa vontade, meus amigos, minhas musicas favoritas, musicas novas, os passeios, as horas de isolamento, os acessos de ignorância, as buscas por cultura.. Nada até agora foi suficiente pra amenizar a dor, e pior, nada foi forte o bastante pra conter o avanço dela. Se esse sentimento começou ruim, ontem me machucava, hoje está pior, maior e cada vez mais relevante sobre meu comportamento, meu dia-a-dia.
Eu não sei se o pior é a certeza do não, o remorso pelas atitudes das quais, mesmo sabendo que não devo, me arrependo ou a agonia de saber que além de uma grande pessoa, ele sempre esteve ali como bom amigo, e meus anseios não souberam aceitá-lo como tal. Não sei se por rebeldia, curiosidade, imaturidade, mas eu sempre quis mais do que aquela amizade, e hoje não tenho nada. Hoje há educação e discrição de ambas as partes, e dentro de mim essa ferida que tanto tempo tem custado pra cicatrizar.
Eu sei que o tempo, que me trouxe tantos novos sentimentos, é o único capaz de me fazer superá-los, me fazer crescer, sentir-me bem de novo, mas tem machucado, atrapalhado, tem me ferido... até quando eu serei inimiga do relógio?!

Peço tanto a Deus para lhe esquecer,
mas só de pedir, me lembro. ♫

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Estrada

Emoção e fisiologia se misturam e eu já não sei ao certo em que curva dessa estrada me perdi. Apesar de sofrer com a hostilidade do caminho em que estou, não me imagino no caminho de volta. Caminhei de diferentes maneiras, titubear tem sido frequente. Me questiono, me critico, me redimo mas não me abstenho, não me posso permitir ser vencida. Confundo-me e iludo-me com as propostas, com as tentações, com os possíveis atalhos do caminho mas, em cada dia nessa estrada, no qual eu me vejo mais capaz e pronta para dissernir sobre as pessoas e as energias que as regem, sobre as ciências e filosofias nas quais estamos submersos, percebo que evoluí, que mudei e que apesar das curvas, a estrada tem valido a pena. Não me permitirei voltar uma vez que me esqueci o caminho de volta. Seguir sempre adiante, com os pés no chão e a mente no destino ao qual essa estrada me leva. O que ficou para trás, se ficou, nunca foi meu, e tudo aquilo que for verdadeiro, tudo que não for passar eu levarei comigo e apesar de estar ausente, não terei deixado de cuidar.
"E tudo muda. Adeus, velho mundo!"

sábado, 17 de julho de 2010

Resposta

Os acontecimentos se sucedem e nem sempre nos damos conta de suas relevâncias, ou fazemos relações entre eles. Hoje isso me foi possível. Diferente do que alguns digam, minhas férias estão sendo produtivas e hoje um dos sinais de que eu tanto sentia falta, uma das respostas das minhas orações chegou... como havia chegado ontem, anteontem, depois da Unesp sem que eu tivesse analisado dessa forma. 
Afinal depois de tanto pedir por força, coragem, determinação, paciência, disposição, disserrnimento, porque eu não compreendi tudo que começava a se desencadear? 
As dificuldades aumentaram, eu cheguei a zerar em matemática, as aulas acabaram e eu continuei acordando cedo mesmo nas férias, leio sobre as notas de corte que tendem a aumentar, ouço sobre minha amiga que passa por situação delicada com a mãe dela e em funçao disso reflito muito mais humanamente sobre a minha mãe, tenho a noticia de que nas minhas disciplinas específicas da 2ª fase, química foi trocada por matemática.. então a primeira coisa em que se pensa é a desistência, afinal de contas as coisas pioraram, está cada vez mais difícil e parece beirar o impossível a ideia de conviver com tudo isso, certo? Errado.
Depois de espairecer posso escrever confiantemente que minhas orações vem sendo respondidas. Que ao pedir por coragem, determinação, paciência, entre outras virtudes, abriram-se oportunidades para que eu me tornasse cada vez mais corajosa, paciente e determinada e cabe a mim agarrar essas oportunidades ou não. Cabe a mim agora enfrentar essas dificuldades para chegar aonde eu quero e saber que segui esse caminho com espiritualidade e confiança. Junto com as dificuldades crescem o medo, a ansiedade, a competição, o abalo emocional, mas é agora a hora de fazer a diferença e me cercar de superação, não me importa quantas vezes eu chore escondida da minha mãe no banheiro ou em cima dos livros de física e de matemática, eu pedi pelo desenvolvimento das minhas capacidades, e é nisso que eu vou me agarrar agora. Eu sei que como as coisas tiverem que ser, cada uma a seu modo, todas darão certo!

O pessimismo é humor; o otimismo é vontade.
O pessimista senta-se e lastima-se, o otimista levanta-se e age

domingo, 11 de julho de 2010

Fadiga

Quinta feira foi otima, foi aniversário da Monami e ela ficou super feliz com a gente!! Ainda fomos dormir na casa da Tamires, a brincadeira das cartas não poderia ter dado mais certo! Cartas hilárias, muita risada, papo e fadiga noite adentro. Ainda teve maaaaais fadiga na sexta feira, filme, pipoca, bolo de chocolate, refrigerante pras meninas, água e suco pra mim e a companhia da Ana Vitória que trouxe a noticia mais fofaa da semana: ela e o Tide estão namorandooooooo *_* AMEI! Sábadão fui a um churrasco lá de dia, e a noite fui ao aniversário do pai do preto, meus pais tambem foram, nós dormimos lá no sitio do avô do Thi, e a saudade que eu tava dele foi embora!! Comi demaaaaaaaais esses quatro dias, estou 'insufada' até agora!
Estou feliz demais pela Bru, ela agora pode ir pra uma federal, olha que orgulho! É minha melhor amiga, e egoísmo a parte, eu sei que ela vai ter muito sucesso na escolha que fizer, pessoas iluminadas são assim! Tia, eu só não dou minha opinião com muita clareza, porque ela não é imparcial, está bem longe disso. E tiaa, desculpa ser uma pessoa e te irritar seja com o que for... eu ainda amo voce ♥
Amanhã vou estudar com a Dih lá no cursinho... a companhia dela é única. Não falo mais sobre futuro, porque não sei o que vai ser de mim e dela no ano que vem, mas esse ano com a presença dela todos os dias tem sido fantastico. A gente se irrita, se estressa e quer bater uma na outra, mas a gente se entende, se dá bem e tem momentos que mesmo que a gente não faça nada, a companhia dela me basta. Isso é excelente e não tem como eu não ficar feliz com uma amizade assim. Eu vejo que ela confia em mim, eu me permito confiar nela e a gente vai superando tanta coisa juntas, eu aprendo tanto que não poderia desejar algo melhor. Vetooor, eu amo você ♥
Apesar de eu estar meio chateada com a Le, talvez sem motivos, talvez exagerando, ou sendo egoista, eu fiquei chateada e mesmo tendo consciencia de algumas coisas, nao consigo senti-las... mas apesar disso espero que as férias dela sejam ótimas, porque ela realmente merece.
Estou ouvindo músicas aqui e esperando ficar um pouco mais tarde pra ir dormir.. estou com tanta saudade do Gui, queria que ele estivesse aqui do meu lado, mesmo que não tivéssemos nada pra fazer.
...
Depois da prova da Unesp desanimei liiiiiiiindo de tudo. Conversei com meu pai e comigo mesmo. Foram as duas melhores conversas que eu tive recentemente. Com meu pai porque dá pra ver que custa a ele acreditar que eu consiga tanto quanto custa assumir essa descrença. Comigo foi interessante, um diálogo oscilante, masoquista e encorajador, um diálogo único que me durou alguns dias de isolamento. Eu estou me dando bem comigo mesma, e longe de achar que eu me basto, mas por enquanto, eu não me falto, sabe? Não que tudo esteja indo ótimamente bem, mas não adianta me travar em situações ruins. A melhor lição que se tira da dor, é a de que ela passa e deixa de presente experiência, e em alguns casos amadurecimento.
[Nando Reis - Relicário]

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Percepção

É engraçado quando a imagem idealizada vai cedendo lugar praquilo que você nem sempre via nitidamente. Ele mudou, mudou muito, e isso foi positivo pra mim, sinceramente, porque quem eu vejo hoje não é mais, talvez, do que 40% da pessoa incrível de antes. Assim é mais fácil pra eu me afastar, e caso ele se aproxime, é mais fácil pra eu me conter. De fato me sinto mais independente do sentimento que me fez ficar encantada, cega, iludida e chorona, respectivamente. Saber que o pior já passou, não quer dizer que o passado foi fácil, só que me valeu como experiência, como impulso para seguir em frente e para escrever aqui, por exemplo, com a cabeça tranquila e certa de que hoje os objetivos do meu  dia não foram interrompidos nem surpreendidos pela presença dele.
A Manu vai sair do cursinho no meio do ano... eu sei que ela passou no Mackenzie, ela estudou, se dedicou e quer mesmo isso pra ela. Por mais que essa menina me tire do sério diariamente, eu estou me sentindo desfalcada de grande parte de mim mesma, só de imaginar a ausência dela por lá. Toda a sorte e amor do mundo pra ela, o sucesso certamente será consequencia.
Confesso, acordei achando tudo indiferente.
Verdade, acabei sentindo cada dia igual.
Quem sabe isso passa sendo eu tão inconstante,
quem sabe o amor tenha chegado ao final?!

segunda-feira, 28 de junho de 2010

último de hoje

"Sorri,
 vai mentindo a sua dor
E ao notar que tu sorris
Todo mundo irá supor
Que és feliz"

Charles Chaplin
Não sei definir meu interior agora. Alguns medos sobre os quais eu não vou falar, e outros dos quais eu vivo falando. Tem coisa que me irrita, mas me preocupa ainda mais. Existem pessoas que pareciam ausentes e que te estendem a mão quando você não está esperando. Existem sentimentos que você esconde de você mesmo e que resolvem aparecer quando você liga o rádio, numa música, numa noticia, num episódio de seriado ou em tudo isso de uma vez... é isso que dá fugir de si. Mas eu não reclamo, qual seria a graça da vida, se não surpreender-nos constantemente?

"Porque é que para ser feliz, é preciso não sabê-lo? "
Fernando Pessoa

domingo, 27 de junho de 2010

Desculpem meninas, vou ler os blogs de vocês só amanhã.
Dica do dia: Não bebam, por favor.

quinta-feira, 24 de junho de 2010

o de sempre.

Hoje a professora Cida passou um filme 'Freedom Writers',excelente. Uma historia real,sobre uma professora de um colégio público e periférico dos EUA que, em contato com as diferentes realidades de vida que ela tinha em uma só sala de aula, enfrentou perigo, medo, pressão vinda de todos os lados e procurou melhoras tanto no que era ensinado, quanto no desejo dos alunos em aprender, no respeito de todos pelo que ela tinha pra passar. Eu fiz a minha redação, mas em redação a gente não pode se expressar em primeira pessoa, e isso me limita demais naqueles textos com formatos, némeros de parágrafos e paradigmas a seguir... por isso eu tenho um blog - um refúgio - e um diário. Aí vem muita ideiadesorganizada e talvez mal colocada. Ninguem precisa ler se nao quiser (:

Qualquer um que entre em contato com as historias do filme, e do livro citado nele, que eu ja havia lido (O Diario de Anne Frank, caso alguém se interesse), percebe a relação de isolamento, exclusão, desprezo que é dispensada àqueles que por qualquer razão são considerados inferiores (negros, ex refugiados de guerra, religiosos) no meio em que vivem.
Será mesmo que voltamos às concepções naturalistas e evolucionistas dentro das quais o determinismo impede o individuo de possuir qualquer mobilidade social mesmo que dentro do meio em que vive? Será mesmo que devemos aceitar que tendo essa ou aquela caracteristica, estamos destinados a sobreviver, a nao questionar e a nos submeter a esse tipo de sistema politico, e principalmente educacional que aliena o sujeito, quando deveria dar a ele condições concretas de sobrevivencia, de estabilidade e até mesmo de ascensão?
Continuaremos ouvindo que 'pobre não tem futuro' ou outras bizarrices do tipo, acusando as classes menos favorecidas pela violencia, pelo caos instalado no país, quando ao ignoramos e isolarmos, fechamos a porta da mobilidade social para esses individuos, abrimos a porta da marginalidade e da verdadeira guerra, dentro da qual o ser humano se zoomorfiza e simplesmente luta para sobreviver e talvez se sobressair dentro dos limites do meio em que está inserido. Isso é justo? Não, nunca foi.
É passada a hora de enxergar que na situação atual, a justiça já não se encarrega mais de encontrar e punir verdadeiros culpados por algo, mas de encontrar culpados que possam ser submetidos a punições por alguma atitude cuja maior relevância, já nem se trata mais serem de fato ou não o autor, mas ter alguém que o sirva para ser mostrado. Não podemos responsabilizar os mais abastados por um problema que há muito tempo responde em caráter nacional. É preciso que nos apliquemos na origem do problema: a educação -ou a falta dela.
São necessárias familias melhor orientadas, melhor estruturadas, condições melhores de acesso a transportes, empregos, e principalmente, escolas, institutos que contem com a atuação de profissionais devidamente qualificados, que amem o que fazem e que, principalmente, permitam que todos, independente de suas diferenças, tenham condições de evoluirem tanto em sua ética quanto em sua intelectualidade para que eles possam realmente sentir-se cidadãos com participação efetiva no desenvolvimento da sociedade que se inserem. Não há sistema, até então, habilitado e competente o bastante para culpar por problemas nacionais, uma população em cujo prato falta alimento para sobreviver. Uma vez encontrada a origem do problema, melhoram-se as condições de vida, investe-se em educação, aumenta-se a dedicação de muitos em prol do bem estar dos outros e então, bem e verdadeiramente educados, estarão esses capacitados cidadãos formados e transformados, aptos para prosseguir atuando de modo a desencadear novas boas e decentes formações.
O ser humano precisa entender que sozinho, não vai mudar o mundo, mas que cada um de nós, tias, avós, adolescentes, professores, faxineiros, recepcionistas, grandes empresários e carteiros temos, dentro de nossas limitações, a possibilidade de acender uma luz, por menor que seja, dentro de uma sala escura.

domingo, 20 de junho de 2010

Preciso postar aqui esse trecho da música....

"Não consigo olhar no fundo dos seus olhos
E enxergar as coisas que me deixam no ar, me deixam no ar
As várias fases, estações que me levam com o vento
E o pensamento bem devagar
Outra vez, eu tive que fugir
Eu tive que correr, pra não me entregar
As loucuras que me levam até você
Me fazem esquecer, que eu não posso chorar."
Sábado muito legal. Ok, fiz fuvestão e certamente não fui bem como eu deveria, queria ter ido ao Villa com a Manu e não deu, mas rolou de ir ao cinema com a Ingrid e a Tata... e foi demais! Assistimos Plano B, e foi uma das poucas vezes que eu me identifiquei TANTO com uma personagem... qualidades e defeitos.. adorei.
Me diverti demais né... o filme é hilário, e com a Dih e a Tata sempre fica melhor.. amei.
Hoje assisti ao jogo da Seleção na casa de um deputado lá, amigo do meu tio =O nunca me vi assim... SAGSUAGYAUGSAYSG Mas juro que foi legal... nossaaa que jogo!! Aqueles caras precisavam partir praa grosseria? Foram lá jogar bola ou dar piti? aaaaaaaaaaah se catar... me revoltei. O KAKA TINHA MESMO QUE SER EXPULSO GENTE? NÃÃÃÃÃOO; E O QUE AQUELE AZULZINHO FEZ COM O ELANO? BURUCUTISSE!!!PÁÁRA POVO, vamo jogar bola meew... que isso!!!
Vo ouvir Nando Reis que eu to com muita saudadee...
Tava afim de arrumar um namorado,mas dai eu desisti. kkkk homem nunca vale alguma coisa a longo prazo... =S UISHAUISHAUISHAUISHASIUAHSU Vo descansar.

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Aos meus amigos.

Porque eu sei o quão chata, sem direção, sem razão de ser, sem sentido seria minha vida se eu não tivesse ao meu lado pessoas que me fazem sorrir todos os dias, que me dão colo mesmo que à distância, que conseguem me ouvir atenta e carinhosamente, que dispersam confiança em mim rapidamente, que compartilham as melhores e as piores sensações comigo e que fazem com que eu deseje, diariamente, saber da felicidade delas. Sem vocês, meus amigos, todos meus amigos, eu seria uma garota, talvez centrada, talvez civilizada, educada, mas jamais uma garota completa, na plenitude da minha felicidade e da minha exitência, porque essas dependem diretamente da existência de vocês, ao meu lado fisicamente todos os dias, ou comigo para sempre no coração.

"E eu desejo amar
A todos que eu cruzar
Pelo meu caminho
Como eu sou feliz
Eu quero ver feliz
Quem andar comigo."

Não precisam entender esse post... eu estava ouvindo música, e filmes passaram na minha cabeça...me dei conta de que meus amigos são protagonistas da minha vida, junto a mim, e me inundei de vontade de falar sobre eles. E foi só isso.

quinta-feira, 17 de junho de 2010

♪ "E aprendi que se depende sempre
De tanta muita diferente gente...
Toda pessoa sempre é as marcas
Das lições diárias de outras tantas pessoas.
E é tão bonito quando a gente entende
Que a gente é tanta gente
Onde quer que a gente vá.
E é tão bonito quando a gente sente
Que nunca está sozinho
Por mais que a gente pense estar.
É tão bonito quando a gente pisa firme
Nessas linhas que estão
Nas palmas de nossas mãos.
É tão bonito quando a gente vai à vida
Nos caminhos onde bate
Bem mais forte o coração."
Gonzaguinha

terça-feira, 15 de junho de 2010

Meninaaaaaaaaaaaassss... nem conto tantaa coisa que aconteceu.
Depois do fondue na casa da Maria, domingo prestei Unesp, fui à Liberdade com o Aristides e me diverti demais né.
O Tide é aquele amigo que mesmo quando você fica um tempo longe, e vocês se encontram, acaba sendo muito bom. Ele é especial mesmo, de verdade, um nome que eu quero ter na minha agenda telefônica sempre, contato mantido forever, porque ele sabe ser um amigo muito importante.
Quanto a Unesp,vamos esperar os resultados, dia 25 de junho, torçam por mim ok? Obrigada. kkkkkk
Jogo do Brasil, assiti na casa da Manu, depois de termos ido ANDANDO DO CURSINHO ATÉ A CASA DELA, sim, andando, porque o trânsito estava realmente desanimador. Mas o jogo foi engraçado, regado a coca-cola, suco, pipoca e brigadeiro... todos gordinhos, aeeeeeeeee!! UISHAUISAHUSAHSUA
Depois nós assistimos um filme -boooooooooom- que deixou todo mundo meio abestado no final. Que brisa louca aquele filme, are baba! Agora eu to aqui. Ontem eu não estudei, hoje também não.. O plano é realmente me aplicar MUITO amanhã, quinta e sexta... sábado está aí, e com ele o fuvestão para o qual eu estou dando sim, muita importância. God bless me.

sábado, 12 de junho de 2010

"Qual de nós foi buscas o que já viu partir?,
quis gritar mas segurou a voz? quis chorar mas conseguiu sorrir?
A paixão veio assim, afluente e sem fim, rio que não desagua... 
Aprendi com a dor: nada mais é o Amor, que o encontro das águas. ♪ "


Jorges , Vercilo e Aragão :)

Break



Li o blog da Ingrid, não entendi nada.
MAAAAAAS MEU SABADO FOI UMA DELIIIIICIAAAAAAAA.
Comi fondue na casa da Maria, com ela, a Manu, a Bia, a Ana, a Tata e o Gordo.. o gordo foi, ngm kedita!
SIAUHSIUAHSAIUHSUI gente foi hilario.. e eu nao to afim de escrever sobre politica, sobre meio ambiente, sobre as borboletas do Afeganistao.. eu quero salvar que eu dei muuuuuuuita risada la na casa da Maria, e que eu nao tenho cultura mesmo. Só isso OK?
asopakospaksopaksoapska
amanha tem prova da unesp.. e laia, seja o que Deus quiser!!!
Brunaaaaaaaaaaaaaaaa,, boa prova na fatec.
Vou dormir alienada e sorridente. AEAEAE! *_*
BJOSMELIGUEM, EU AAAAAAAAAAAAAMO VOCES!!

But it's time to face the truth... I'll never be with you.

domingo, 6 de junho de 2010

Backing

Certo, estou voltando a postar nesse blog que estava às moscas e a dizer como eu me sinto o que é extremamente estranho. Não sei mais como é estudar por horas seguidas porque tem semanas que não faço isso decentemente, me sinto 150% mais atrasada intelectualmente. Não sei como estão meus amigos porque mal tive contato com eles, principalmente essa semana, e minha cabeça está razoavelmente em ordem.
Razoável porque quando eu poderia estar satisfeita com o muito que eu pensei a meu respeito, descobri que quanto mais se pensa, mais se tem a pensar e é como se sempre fôssemos estar atrasados com nós mesmos, o que não é apavorante, na verdade dá sentido à muitas coisas. Pelo menos a mim, refletiu de forma interessante. Descobri que é mais atraente pensar a respeito do que está a nossa volta do que propriamente do que está em nós.
Estive internada em função de uma amidalite que não foi muito simpática comigo, e apesar de não ter me alimentado como gostaria e nem como deveria, não foi isso que me fez mais falta. Dormi lá sozinha e durante a noite recebi visita de três amigas e dos meus pais. Eu amo meus amigos, mas tudo que eu realmente queria eram meus pais. E foi deles, junto à minha irmã que senti mais falta. Eu sou muito satisfeita com a familia 'xarope' que eu tenho... passamos por problemas que desmotivam qualquer cidadão, enfrentamos umas coisas que nunca chegam sozinhas, por exemplo doenças, mas estamos aqui. Eu agradeço às meninas que foram lá a noite, mas eu não teria dormido relativamente bem se não tivesse ficado com meu pai,minha mãe e minha irmã. Não tem outro amor maior no mundo, outra sensação que me dê mais certeza do que a de que eles estavam lá torcendo pra me ver bem, e fariam o que fosse preciso por isso; não existem outras pessoas que pudessem me passar isso e naquele dia, tudo do que eu precisava chegou com eles.
Dividi quarto com uma senhora, dona Maria, que acrescentou demais à minha vida. Falando sério, conversar com ela, ouvir sobre a vida dela, tomar conhecimento do que aquela mulher tão humilde tinha pra dizer foi engrandecedor... me alimentou o espírito. Depois de passar fome, apanhar por anos do marido, sofrer humilhação e constrangimento por conta da incontinência urinária que conseguiu graças à um parto feito por médico negligente quando dava à luz a filha que hoje sofre de anemia grave e ainda assim, ter tanta gratidão e tanta fé no coração, ter calma nas palavras e driblar a indiferença de tantas pessoas diariamente como ela fez e faz é incrível...Trata-se de uma mulher admirável, vencedora, que não se opõe a realidade de tantas outras mulheres nesse país constrastante em que vivemos. As lembranças dessa senhora não sairão de mim até que eu consiga fazer alguma diferença na vida de outras donas Marias que eu vier a conhecer.
Pra deixar as coisas um pouco mais interessantes, meu pai mal está andando... Eu disse que quando vinha, vinha tudo de uma vez aqui em casa... =/ Os problemas da coluna dele resolveram fazer uma visita pra mostrar que ainda estão aqui.... mas sabe visita chata? Aquela que chega na sua casa, não percebe ou não quer perceber que está incomodando e vai ficando... pois é, peço a Deus que traga a disposição do meu pai de volta logo, vê-lo assim não combina com ele!
A copa do mundo ta chegando pessoal... Não esqueçam que em copa do mundo, olimpíadas e algumas outras ocasioes especiais temos que vestir nossa roupa de festa e fazermos as honras da casa, em outras palavras, lembrarmos que somos brasileiros e dar aquele sorriso amarelo ao nos orgulharmos dessa nação. Afinal de contas são tão raros os momentos em que vêm-se amor  e algum esforço em relação a esse país, que não o podemos desperdiçar, não é mesmo? Depois disso continuaremos com tantos ou mais problemas de saúde, educação, desemprego e dinheiro na cueca, na meia, nas golas, nas mangas e onde mais couber, como vemos diariamente... mas em horas assim não é tão interessante lutar e acreditar no 'pra frente Brasil', então aproveitemos enquanto a copa está ai.
Amanhã volto ao cursinho, vou estudar,mas ainda não na rotina de antes e no próximo domingo vou fazer uma prova para qual antes de adoecer eu já não estava preparada, agora então, estou deficiente de condições. Que Deus vá comigo até aquela sala e se faça presente em cada uma das alternativas que eu vou escolher... que minha cabeça esteja com as ideias claras e que eu não me desespere... tudo sempre dá certo.
Acho que vou deitar com as pernas para o ar agora e fazer companhia para o meu pai... Boa noite blog, senti sua falta. xD

domingo, 30 de maio de 2010

Ficar doente é uma merda!
Semana passada foi demais... carnafacul com as meninas... aquelaaa alegriaaaa.. musica o dia todo, quase nao eh minha cara!
Ficar no meio da galera, fazer muuuuuuuita bagunçaa, conversar com todo mundo como se todo mundo fosse amigo de aaaanos.. a animaçao. TUDO... foi otimo!!
Ainda fui dormir na casa da gemaa pra depois ir pro Sesi e ter aquela sensaçao de sempre: O SESI É A MINHA ESCOLA.
A Fieb me trouxe pessoas incriveis das quais eu nao abro mão... mas o Sesi é O SESI..
foi lá onde eu passei os melhores anos da minha vida, com a minha piooooor aparencia, e com os melhores amigos. No sesi eu construi minha personalidade, meu carater, com as pessoas que eu conheci la eu vivi os melhores momentos e os professores de lá são os mais 'familia' que eu ja tive. Nao tem jeito,. minha escola é lá.. e sempre vai ser. Ir pra lá foi ótimo.
Naquele dia ainda a Bru veio pra cá, mesmo que meio contra vontade dela, ela dormiu aqui em casa. SIUAHSAHSUIH tadiinha, dormiu cedo. kkkkkkkkk Desculpa Bru, nao faço mais isso com voce =/
Segunda eu fiquei doente, fui ao médico, terça perdi as aulas do cursinho, quarta estava em recuperação, quinta estava melhor, sexta feira a garganta zuou mais ainda, ontem fiz a prova do enem e a noite voltou tudo de uma vez.. febre, dor de cabeça, dor no corpo, hoje acordei com quase 40° de febre e mal conseguia andar, nao teve jeito, voltei ao médico e nao fiz a prova. me emputeci =/
Uma coisa boa existiu nessas duas idas ao médico: os dois doutores que me atenderam sao lindos! IUSHAUISHAUISHAUISHAUSIHASHAUISHUA
Agora eu estou sem febre, mas minha garganta ainda me impede de comer, beber, porque realmente dói.. so faço pq preciso né, nao dá pra ficar sem comer =/
Amanhã a semana começa tuuuuuuuuuuuuudo de novo... Dias melhores virão.

terça-feira, 25 de maio de 2010

alguém como você

Esse post deveria ser educadamente ofensivo e direcionado a um rapaz inconveniente que, apesar de inteligente, foi ignorante ao demorar tanto para perceber a felicidade que tinha em mãos, e jogou fora. Mas eu apaguei o post anterior, e decidi que não vou gastar o meu latim tentando atingir alguém que já será atingido pelas consequências do que fez, e do que deixou de fazer quando deveria ser feito. Enfim, vou falar dela, 'a felicidade' que estava lá, e esse rapaz não viu.
No post de hoje, amigos, a felicidade tem nome, sobrenome, idade e um coração enorme. Ela é aquela garota que lhe sorri todas as manhãs, mesmo que a vida não esteja sorrindo para ela; aquela criança que pede colo quando se sente desamparada; a adolescente sonhadora que ainda acredita em contos de fadas; a mulher determinada que fala em voz firme quando te quer acordar para alguma coisa; ela é a amiga que ao perceber a possibilidade da sua queda, vai até você e te dá forças para que você se mantenha em pé; ela é o colo no qual você consegue chorar, os ouvidos pelos quais você quer ser ouvido a sua vida toda, os olhos nos quais você confia, o sorriso pelo qual você passaria muitos dos seus dias lutando e mesmo em pouco tempo de convivência, mas não se engane assim como aquele rapaz... ela não se resume em uma amiga, em uma melhor amiga... na vida de cada um que a conhece, ela é imensuravelmente mais do que Tudo isso...
Ela permeia brilho e alegria de formas diferentes... ela não é uma menina comum, não é uma amiga comum, irmã comum, filha comum. Amigos, essa menina, em nada é comum, e é por isso que na vida daquele rapaz, ela pode ser colocada como a felicidade que ele desperdiçou. É pela singularidade dela que na minha vida, em pouco tempo, ela fez uma bagunça, conquistou meu coração e se colocou lá dentro. É pela sua presença ímpar que eu desisti de criticar alguém, e consegui ver que se antes eu depreciaria alguém, e não ganharia nada com isso, agora eu derramo meu coração e minha visão sobre alguém importante pra mim, sobre essa felicidade que como eu disse, tem nome, sobrenome, idade e um coração enorme, que nem todos conhecem, mas deveriam conhecer, sobre ela, Leticia Appel, 18 anos, minha mais recente amizade admirável.
Diferente do que você pensa Lê, é preciso ser forte para admitir sentimentos dos quais o homem se envergonha, é preciso ser forte para sorrir e acreditar que tudo vai ficar bem, quando nosso coração está aos prantos,é preciso ser forte para continuar sendo radiante e sonhadora,mesmo depois de algumas quedas, e eu te admiro, cada dia mais, por tudo isso. Te amo Lê... minha amizade está com você e te acompanha onde quer que você vá.

sábado, 22 de maio de 2010

quinta-feira, 20 de maio de 2010

As palavras estão dentro de mim mas não querem se organizar para formar texto nenhum, seja aquele que transmita alegria, paixão, euforia, ou aquele que demonstre revolta, rebeldia, espírito de luta; nem mesmo textos clichês contando sobre o meu dia conseguem ser formados hoje, porque, sem motivo e sem explicação, minha cabeça está exatamente como essas palavras: procurando o caminho que a leve para encontrar-se com ela mesma, em harmonia.
Boa Noite.

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Afinal de contas, A Monalisa está ou não sorrindo? Whatever, só uma dúvida. Tem mais a ver com umas manias inconvenientes que todos temos de saber demais, palpitar demais, interferimos demais na vida alheia, mesmo que o façamos em silêncio. Papo para outra ocasião.

Aquele cursinho ta bombando essa semana, e a situação de muita gente também.
Minha inscrição na Unesp só Deus é que sabe se sai ou não, mas meninas, desde sempre, MUITO OBRIGADA pelo esforço, pela boa vontade... quem tem vocês na vida, ja tem luz pra brilhar uma vida toda!
Leticiaaaaaaaaaa, li seu post, você é LINDA! Incrível, e entenda, fico tranquila em relação a nós, porque não sei onde foi que começamos, entende? :D
Tami, LOUCA, que conseguiu um teatro hoje, pra se apresentar amanhã, na intenção de me ajudar... eu NUNCA vou ter palavras, olhares, sorrisos, atitudes que te agradeçam, nem a você nem às meninas todas, Lê, Ingrid, Flor, Monami, Manu... juro!
Amanhã o dia será atípico -como têm sido todos os dessa semana- e ao dormir, teremos sensações novas.
Mais uma vez, MUITO obrigada... o post de hoje traz amor e gratidão diretamente pra vocês meninas.

segunda-feira, 17 de maio de 2010

não tem sentido nenhum, não precisa ler.

Já parou pra pensar que vivemos em constantes injustiças e não fazemos nada?
Desde o troco que te deram errado e você se calou, ou a mentira leve que te contaram pra você fazer papel de bobo até pessoas que te roubam direta ou indiretamente, fazendo com que saiam de você não somente dinheiro, mas dignidade, orgulho, respeito, que nos são muito mais caros. Injustos ou injustiçados, ou injustiçadamente injustos estamos em meio a tanta sujeira, que muitas nos passam desapercebidas ou 'indiferenciadas' diariamente.

(Exemplo não muito claro, mas real: Alguns alunos de determinada escola têm condições especiais para estudar, porque além de estudarem, têm alguém que acreditou neles. Esse alguém que depositou confiança nos alunos, recebeu confiança de outros funcionários que acreditaram nos estudantes e no 'acreditador' destes, estando assim envolvidos nesse contrato feito unicamente a base de fé. Fato é que ao selar esse contrato, outros acabaram sendo prejudicados, mesmo não sendo esta a intenção de nenhum dos participantes até então da historia. Agora não se sabe quantos empregos correm risco de serem perdidos, quantos sonhos correm risco de serem quebrados e quanta hipocrisia vinda de alguns (que ainda não haviam sido citados) ainda existirá.)

Acontece que desde que temos contato mais íntimo com as palavras e a dissertação, mesmo que sem base alguma, nos colocamos a criticar,palpitar, reclamar. Será que a pré-disposição a achar errado ou não tão bom aquilo que o próximo faz, por simplesmente não fazer parte das suas verdades, ou por não ter sido criado por você mesmo, já é atitude inerente no ser humano? Queiram todos que não, entretanto não é o que parece...
Somos intolerantes desde berço, e queremos reclamar da intolerância. Me pergunto com que moral?! Não somos flexíveis, nem mesmo conosco e não perdemos tempo em acusar aos outros. Auto lá! Ficaremos assim até quando? Não é preciso ir muito longe do nosso raio de convívio para assistirmos a uma sociedade antitética, e pior, paradoxal, da qual fazem parte Hobins Hood, Capitus, Padres Amaro, Primos Basilio, Martins, Fidalgos, Alcoviteiras, Parvos, Anjos e Diabos, cujos autores e narradores somos nós, oniscientes e personagens,. com tinteiro e pena às mãos, mantendo muito do que precisaria ser mudado em nós e alterando ou acusando características e atitudes dos outros, simplesmente porque não condizem com a imagem que criamos do que é certo e parte de um consenso.
Gostaria de saber onde está o documento que determina personalidade, atitude, condição social, aparência em um 'consenso' que elimine todos aqueles que não se adequem, afinal de conta, nunca foi tão complicado adaptar-se a uma civilização que se denomina tolerante mas não lida nem ao menos com as próprias diversidades. E é assim que anda o mundo, ainda desconcertado.

domingo, 16 de maio de 2010

O que você deseja?

Fiz o simulado, e não acho que fiz mais pontos que naquele último. A intenção é melhorar, não vou parar de estudar. Revirei o site da USP, já agendei meu celular pra não esquecer de me inscrever na visita ao IP [em agosto] e fucei sobre o curso, a grade curricular... e a cada dia mais, me apaixono pela minha escolha. Vejo as matérias que eu vou ter, e já sinto o coração acelerando aqui.
A ideia de não só compreender o comportamento humano, mas a origem dele, a possibilidade de mudança e as vertentes positivas e negativas que ele tem, me fascina. É muito lúdico imaginar que eu posso estudar aquilo que o homem tem de mais recôndito, o inconsciente. Meu Deus, como isso me encanta. A possibilidade de tratar pessoas que já não acreditam nem mesmo em si, pessoas que adoeceram, que estão desenganadas, que sofrem por não livrarem-se de vícios, que pensam na morte, que sofrem pela morte... crianças que não se adaptam, que são agredidas, que querem desistir.
Pode não fazer sentido para muita gente, mas para mim, entender, aceitar ou tentar organizar o que se passa comigo sempre foi importante, fazer isso por terceiros me parece imprescindivel. Viver disso me soa até utópico, e por mais que o seja, como eu quero!

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Essa semana eu não cheguei em casa com aquela sensação de dever cumprido. Esse caderno 2 não foi estudado como deveria, e amanhã é o simulado. Sem ser hipócrita. eu sei que não estou preparada pra esse simulado. Meu Deus, porque me sinto tão frágil, tão incompetente?
Vou dormir cedo, descansar bem e mesmo não estando preparada, amanhã darei o melhor de mim.
Escrevo aqui sobre os resultados.
Bruna, por favor, não deixa de me ligar... na internet eu entro cada vez menos, mas quero muito saber de você. Li seu blog, achei que você estava na Contax e só soube a verdade hoje... me liga, suas noticias são importantes pra mim.
Fiquei orgulhosa de ouvir a Manu desabafando total com a gente essa semana... ela é uma grande pessoa, ninguem pode duvidar disso.
Estou com sono, a galera ta dando atençao pra novela.. Boa sorte pra Lê e o sonho de valsa delaa... mesmo dançando Madonna, é ele que ela decidiu que faz bem [e mal] pra ela, é dele que ela acredita que precisa... se tudo tem como dar certo, dará! Pro bem e pro mal to aqui nega <3
Ao Gui, saiba que morro de saudades... o resto é o de sempre.

domingo, 9 de maio de 2010

A cada simulado, a cada caderno novo, a cada data de vestibular divullgada, meu Deus, como parece utópico. As dúvidas. as ansiedades... tanto sentimento misturado. Me dá felicidade ao receber uma boa pontuação em simulados, por exemplo, mas o coração aperta e quase chora ao não conseguir resolver um exercício. Tem sido difícil encontrar motivos maiores de preocupação, de desejo, de sonho. O quanto isso tem valor pra mim, nem eu consigo explicar, só sei que me comanda.
Passar o dia estudando com a Di, a Manu, a Monami, a Tami, a Lê, o Henrique, o Gordo... nossa, é ótimo. Acompanhar a evolução de quem estuda comigo me faz ver como vale a pena ir atrás daquilo que se quer. É gratificante ajudar naquilo que eu tenho facilidade e ser ajudada por quem é louco [gostar de matemática, química e fisica por exemplo, é coisa de louco], e doido demais de tão bom.

Mudando de assunto... amanhã é dia das mães... feliz dia das mães pra mãe de todo muundo, beijo grande pras véias! *_* A minha mãe passou a semana toda empatando no presente que eu tentei fazer pra ela, mas é uma acriana mesmo né, eu tenho a quem puxar.

Essa semana eu fiquei no soro, o médico levanto uma asinha pro meu lado... abusado! Depois ele desabafou sobre os anos dele de cursinho tambem, que deram resultado, afinal, ele passou em medicina e  me atendeu (: Essas coisas só me dão força e motivação.

Decepção ENORME hoje com a Ana P. ... enfim, vamos conversar com ela segunda feira e saber de tudo direitinho, mas é filha da putisse mentir. Não gostei, reprovei, desprezei. Atitude infame. Enfim, ela vai ter a oportuniade de falar.

Estudar na casa da Manu foi ótimo, dei risada demais com ela e com a Tami... ainda consegui fazer os exercicios de física que me deixaram, nossa, alegre demais. Tomei a vacina da gripe suina e estou me aleijando né, o braço até esta mais pesado, fudeu. UISAHUSIAHSUIAHSAUIHSAUISH

Quanto a ele*, agora ele é mesmo, totalmente segundo plano. Com exceção das aulas de literatura que me perturbam demais e me fazem pensar SÓ nele... eu tenho conseguido me controlar, me equilibrar e dissernir, até que muito bem, minhas prioridades e minhas futilidades. E ele, é futilidade. Que seja feliz, ótimo, mas que não desacelere a minha feliciade. ;D

Vou deixar a rua me levar,
ver a cidade se acender ♪

segunda-feira, 3 de maio de 2010

"Que a gente aprenda a sorrir
mesmo que os olhos desejem chorar.
Que a gente consiga falar,
mesmo o que o coração quer calar.
Que a gente dê o primeiro passo,
mesmo que as pernas não o queiram dar.
Que a gente tenha sempre aqueles,
com quem em tudo poderemos contar."
Curto, mas sincero e diretamente aos meus amigos,
os melhores amigos, bons amigos, amigos, colegas, futuros amigos.
Para aqueles que me fazem sorrir e que me empolgam com sorrisos,
para os que me viram chorar e não tiveram vergonha de chorar comigo.
Para os que já passara por mim, e mesmo que vagamente, se recordam.
Para aqueles que são da minha familia, para os que são amigos de coração,
para os que entraram pra familia por estarem no coração.
Para quem está lendo, para quem está feliz, para aqueles que conseguem querer bem,
para os que sabem amar, e sentem-se bem, só por ver o outro sorrir.

domingo, 2 de maio de 2010

Vocês certamente já tiveram a sensação de passar por um dia contraditório.
Tudo que meu final de semana teria confirmado em relação a familia, união, felicidade,
foi ou está para ser negado em função deste último minuto já passado.
Exatamente como ouvi ultimamente, a única coisa que temos de concreto, é o passado, porque o presente se materializa em pretérito a cada instante e nós nem nos damos conta disso.
Incrível como somos pequenos e ingênuos, meras pecinhas de brinquedo, marionetes com as quais o tempo brinca, e usa como 'passa-tempo'.
Desculpem ter me perdido nas palavras, nas pontuações, mas não há como ser clara quando a cabeça está em desordem. Boa noite.
Coloquei essa foto porque eu AMEI quando minha irmã tirou e conseguiu pegar beeem o pulo. Nossa mew, adorei, muita sorte! Esse final de semana passei com meus pais e meus tios num clube e domingo saí com o Fred, a Dih, a Tata e a Manu... Agora eu to aqui brisando MUITO em cada musica linda que até me falta o ar.
Sinceramente não tem me feito mais tanto mal aquele cidadão. Acho que o primeiro passo pra esquecer, é aceitar que gosta, pensa e sofre. Lutar contra o que ja lhe está inerente, não adianta, navegar contra a maré. Pra quê?
Hipocrisia demais dizer que "uau" eu estou ótima, mas eu sei que vou ficar. Com os pés no chão e a cabeça onde ela quiser estar, deixando que as coisas aconteçam, eu fico mais leve... não tem o que questionar.
Essa semana foi pesada entre mim, a Tami e a Dih, mas agora tudo está resolvido, e a gente vai dar nosso jeito né meninas?! Eu amo vocês! ♥
Quarta feira fomos Ingrid, Monami, Tami, Rafa, Maria, Flor e eu à gravração do "É tudo improviso", na band, e foi muito legal! MUITO MESMO! Assistam, dias 11 e 18 de maio ok? ;D
Estou MUITO feliz pelo meu resultado no ultimo simulado, porque eu me lembro bem de ter saido da prova desestimulada e sem resolver todas as questoes de matematica e fisica porque eu simplesmente havia desistido. Mesmo tendo sido fraca a ponto de desistir, meu resultado foi muito animador e eu vejo o quanto tem valido a pena estudar manhã, tarde e inicio de noite... Cada caderno novo e cada simulado marcado me deixam apreensiva porque eu percebo como está perto, e talvez não dê tempo de estar preparada... mas estudar é, realmente, o único caminho.
Tenho que pedir desculpas ao Gui e à Bru... talvez eu não tenha me expressado corretamente no ultimo post. Por favor, não pensem que eu abri mão de vocês... eu só quis agradecer a quem foi pra lá no sabado com a intensidade do que eu estava sentindo... Ninguém tira o lugar que vocês preenchem na minha vida... meus melhores amigos, acima de tudo, não duvidem, por favor, eu amo vocês. =/
Amanhã a rotina volta, e a miragem também. NOSSA... agora nós sabemos nome e idade dele.. UAAAAAU, é tão legal ter essas visões boooooas as 7h da manhã. HAUSHUSAHSUASHA
CONCENTRAÇÃO, OK.
Do mais, obrigada Manu, Ingrid, Flor, Lê, Monami, Maria e Tami por terem dado sentido aos meus dias, à minha animação 07h da manhã. Eu só tenho que agradecer a vocês, por tudo. ♥

domingo, 25 de abril de 2010

é pic, é pic, é hora é hora é hora. RA TIM BUM, MAYARAAAA!!!

Agora eu tenho 18 anoooooos. QUE BONITINHO!! *_* Adorei sabiaa? Foi tudo ótiimo... Minha mãe, minha irmã e meus amigos participaram de tudo do jeito mais lindo e mais incrível. Me animaram e se animaram comigo, me fizeram sorrir e sorriram comigo o tempo todo. Mãe, Tata, Alfredo, Ingrid, Tamires, Manuella, Ana Paula, Manu, Ana Vitoria, Gordo, Maria Eugênia,  Lê, Gui, Thi, Flor, Rafa, Moacir, Paty, Lala, Gema, Xande, Tia Bel, Dinha... aah mew, todo mundoo.. COMO FOI PERFEITO. SÉRIO.... Não fiz festa nenhuma, mas comemorei mais do que comemoraria em várias festas seguidas, fiquei tão feliz por ter voces do meu lado que nada fez falta. Tudo foi completo, e sinceramente? MUITO OBRIGADA!!! Sair ontem pra comemorar na D-edge com a turma foi a melhooooor coisa que eu ja fiz. Aniversario meu e da Manu, sendo comemorado junto? MEW DEU NISSO: B A G U N Ç A ! ! O esquenta ja começou num buzao que tava la na frente patrocinando a balada, fazendo uma balada dentro do buzao e a gente quase nao gostou né! IAJIOSAJOIASJSAOI O MAXIMO! Salvo exceção da Bruna e do Guilherme que nao puderam ir... quem não foi perdeu! E é verdade que eu fiquei muito triste com quem não foi, como também é verdade que os que foram, me preencheram tanto e tão bem que eu fiquei feliz DEMAIS e curti ao máximo os meus 18 anos.
TUDO FOI PERFEITO, COMPLETO, ANIMADISSIMO, nao faltou nada pra eu falar 'se', porque ter ao lado pessoas como voces faz a vida de qualquer individou exponencialmente melhor. E é ISSO que vale a pena, é pelo sorriso de VOCES que eu vou lutar todos os dias, pra tentar agadecer o que voces me trouxeram essa semana, obrigada. EU ACHEI DOIDO!!!

Teatro Mágico



Viva à sua maneira, não perca a estribeira, saiba do teu valor!!
FOI LINDO , PERFEITO, FOI OTIMO!
MUITO MUITO MUITO OBRIGADAAA!
Nossa a energia desse show, a alegria, a vibração de todo mundo, é realmente mágico. Ao lado da Bru, Ingrid, Rafa, Aline, Tayna, Carla nooooossa foi demais. Perfeito!
Em cada musica todas as sensações do mundo se misturavam e foi necessario pular, gritar, sorrir, sentar, chorar, correr pela arquibancada pra extravasar talvez metade da euforia que me acometia.
E pára tudo, EU ABRACEI O FERNANDO ANITELI. ARE BABA, NAO PRECISO MAIS NADA NÉ!
APOAKOPSAKOSAPKSAOPKSOAP AMEEEEEEEEEIIIIIIIIII!!
E nada poderia ter siido melhor. BRUU FIQUEI MUITO FELIZ PORQUE VOCE FOI!
shoow! *_*
TEATRO MAGICO? EU QUERO ISSO TODO DIA!

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Reencontro

Tanta coisa pra falar... nao sei se separo, se misturo, se analiso, simplesmente descrevo. "Tem hora que a gente se pergunta porque é que não se junta tudo numa coisa só".
Cerca de um mês atrás eu me encontrava chorando, excessiva e compulsoriamente por desejos que não realizei,  objetivos que não alcancei, pelo sentimento que não desfrutei. Não me arrependo.
Foram lágrimas que custaram a cair, foram dias em que me era dificil sorrir e depois do empurrão recebido, depois da queda, depois de sofrer a dor, sinto-me levantando.
Devagar e com paciencia, sem perder atenção das minhas prioridades. Agradeço a Ingrid que colocou em risco nossa amizade, na TENTATIVA de me ver melhor. Agradeço a Tamires, Ana Paula, Manuella pelo colo e a tarde toda comigo, pelas aulas que perderam pra que eu nao ficasse sozinha naquela terça-feira, agradeço a Bruna que, como sempre, tinha pra falar tudo que eu precisava ouvir para crescer, agradeço a minha mãe que me deu colo, me deu bronca, me deixou chorar...aos meus amigos que são simplesmente os melhores do mundo... cujo esforço pra me mostrar que nao estou sozinha é muito, mas muito gratificante, Nao sei como vou pagar!!
Obrigada especial a Leticia, que me viu voltando a cair, e em menos de dois minutos, numa conversa que ela puxou do nada, me trouxe pra cima de novo, e fez com que eu me visse dos olhos dela... 'Você é a base, e se a base quebra, todo o resto cai. Se você cair, todo mundo aqui quebra.' Le, obrigada.
Meus 'sorrisos espontaneos' ao te ver chegar nao faltarão mais, eu cuidarei pra que isso nao aconteça.
Em resumo? Eis aqui meu relato de que vagarosamente, volto a ser eu mesma, e ele* que me desculpe, mas desde que isso começou a acontecer, sofrer ficou em segundo plano.

domingo, 4 de abril de 2010

"Não vou te cobrar aquilo que você não pode me dar.
Mas quando estiver comigo, seja todo você, corpo e alma.
Por favor não me apareça pela metade!"

Saber amar...

Pior do que não se sentir amada, é sentir-se amada e não saber amar. Ingratidão, indiferença, injustiça... não somos culpados pelo que sentimos - ou deixamos de sentir-, e ainda sofremos todas as consequências disso. Ninguém nos ensinou como retribuir ou tratar de sentimentos, talvez por isso erremos tanto.


Aí é que esta você abriria mão dessa montanha-russa de sensações? Como seria não ter o pulsar acelerado de um coração que recebeu o sorriso daquela pessoa num dia em que tudo parecia ser no máximo, linear? Ou não saber da felicidade imensurável que acomete alguém que sofreu semanas,meses seguidos e agora se abre para um novo amor, dessa vez correspondido? Como seria não ter o abraço e o conselho do seu melhor amigo simplesmente porque você não quis se arriscar a iniciar uma conversa com ele, pedir perdão após uma discussão, ou pior, não soube perdoar? Como seria entediante não ter aquela sensação de que mesmo passando por tanta dificuldade, tanta dor, o que você tem foi você quem conquistou, e por isso valeu a pena? ... Muitas vezes chegamos a ponto de tocar a felicidade e nos esquivamos dela, por termos medo, e novamente não é nossa culpa, mas sofreremos a consequência cruel do medo, que não ousamos enfrentar e não deixamos de sentir, portanto como seremos felizes?

É hora de sorrir para o medo, a insegurança e para nós mesmos, permitir que coisas ruins aconteçam, mas saber que tudo que há de bom também nos espera, afinal de contas, estamos nos permitindo. As maiores dores também são passageiras,somos frutos da inconstancia, do incerto.... Só o que temos de constante são as mudanças.

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Eu tenho andado tão quieta, tão vazia, que nem escrever algo bom em primeira pessoa eu consigo mais.
Faço minhas as palavras dos poetas, compositores que tão brilhantemente interpretam sentimentos univeersais, sensações únicas e assim tento me concentrar no que tracei como prioridades.
Apesar de ter o coração doendo, depois de chorar tudo que eu conseguia, consigo suportar! Meus objetivos estão ainda mais claros, e é neles que eu me apoio... tem dado certo, como tentativa de ficar melhor, ao menos mal não tem me feito.
Planos para o aniversário. Nada certo, nada confirmado, apenas planos de comemorar junto com o niver da Manu, mas ainda são planos. *-*
Hoje o dia no cursinho foi super fofo... comemoramos incansavelmente o aniversário da Leticia [que depois teve a tarde maaaaais feliz de todas] e ainda fizemos o amigo chocolate. Hmmmmmmmm... chocolate é bom forever. Até me animei pra estudar matemática! Show de bola! kkkkkkkk
Saudades demais do Guilherme... eu não estava acostumada a ficar tanto tempo sem ele... mas é fase. Eu sei que passa. Vou brisar muito em algumas músicas agora... ver no que dá o meu feriado.

segunda-feira, 29 de março de 2010

Eu tenho inveja do Sol que pode te aquecer,
eu tenho inveja do Vento que te toca,
tenho ciúmes de quem pode amar você,
quem pode ter você pra sempre ♪

sábado, 27 de março de 2010

Atividades intelectuais são excelentes, mas fadigar depois delas é melhor ainda!
Mesmo com um pote enorme de açaí aqui em casa, tomar açaí lá no centro de Barueri, ver gente e receber aquela flor ao lado das amigas foi ótimo!
Stellinha, brigada pela flor e pela carta, você é muito mais que fofíssima, eu te amo ♥
Junto com as meninas pude relembrar as coisas boas pelas quais ja passei, nós confidenciamos segredos de quando tinhamos 12, 13 ou 14 anos, e foi tão legal. Rir e falar do que vier a cabeça,sem ninguém pra julgar, depois de uma semana que não foi fácil pra nenhuma de nós, sem duvida era o que a gente precisava.
Depois de uma semana tão trash, sair com vocês foi a melhor coisa que me aconteceu, e eu agradeço mesmo muito, porque foi simples, mas foi completo. Stellinha, Ingrid e Manu, obrigada, eu amo vocês ♥

quarta-feira, 24 de março de 2010

Ainda vai levar um tempo
pra fechar o que feriu por dentro.
Natural que seja assim... ♪
Ainda vai levar um tempo
pra fechar o que feriu por dentro.
Natural que seja assim... ♪

segunda-feira, 22 de março de 2010

É quando tudo se mistura, as mudanças voltam ao normal 
e você já não sabe mais quem mudou, se foi você ou se foram os outros. 
Confusão é a palavra chave. 
Um dia eu me situo e as coisas tornam-se mais simples.
Até lá, tudo é válido como experiência.
"I just want you to know who I am ♪ "

domingo, 21 de março de 2010

 
A foto foi a Bru que me mostrou, linda né? *_* TE AMO BRUUUU!! Melhor forever, and ever e durante quantos 'everes' forem precisos!
Minha semana foi longa. E se eu pudesse descrever todos os sentimentos pelos quais passei ao longo de cada nota que aquele violão ecoava, passaria a noite toda aqui. Fato é que se eu estava perdida, agora estou pior. Não dá pra entender porque você faz isso. Você sabe da minha fragilidade e faz questão de mecher com ela. Experimenta parar, para que eu possa deitar e dormir ao menos uma noite sossegada.
Queria passar por tudo que tenho passado com você do meu lado. Queria dividir com você seus medos, seus desejos. Queria me ver no teu olhar. Pena que você não deixa. 
Do mais, Ingrid, Tamires, Manuella, Monami, Leticia, Flor, Stella, Tide e Gordo... Obrigada pelos melhores dias de cursinho. Estudar, se distrair... dividir meus dias com vocês é tão bom que não consigo dizer, obrigada, de verdade. Obrigada especial para as meninas mais lindas do muuuuuundo que me aturam em tpm, em chilique, em stress, em lerdeza, em tuuuuuuudo. Obrigada pelo colo de voces, principalmente. ♥

And that's what you get when you let your heart win

sábado, 13 de março de 2010

O problema é que eu te amo ♥


Pensei no que postar aqui e lutei contra mim mesma, porque hoje,eu não queria saber de lirismo.
No entanto, sem ele, eu não tenho nada de subjetivo para escrever. E ser realista,objetiva, crítica, já tem me deixado saturada durante as redações.
Esse blog é como um diário, ele é reflexo daquilo que passa pela minha cabeça e pelo meu coração, seja em forma de música, poesia, ou pelo que eu decido falar mesmo. Hoje é isso.
Em meio aos meus pensamentos, me perdi, e quando me encontrei, já estava longe da minha casa, perto de uma só pessoa, longe de tudo o mais.
Nunca tive absolutamente nada dele, nunca pude alimentar esperanças, tentei sempre manter os pés no chão.
Vestida sob a máscara da frieza, razão e da sanidade optei por me cegar e ao abrir os olhos, frente ao espelho da minha alma, já não me reconhecia.
Reparei que idealizei alguém e esperei que essa imagem, ideal, se materializasse. Ilusão e ingenuidade. O que idealizamos jamais existirá porque está eternamente preso na ideia.
Se é assim, porque então, olhando pra ele, ainda hoje, enxergando os defeitos, as qualidades, eu penso que ele é tudo o que eu sempre quis? Porque eu não posso olhar a minha volta e decidir o que é melhor pra mim, por quem é melhor sentir e quando vai passar?
O amor é algo tão peculiar, que da vida inteira de alguém pode-se falar em decisões que darão rumo, sentido  à sua trajetória, com exceção do amor. Porque esse, tem vontade própria. Logo que chega se acomoda, invade tua serenidade e só vai embora quando achar que deve.
Depois de muito tentar, aceitei que não dá pra expulsar o amor de você enquanto ele não aceitar que não é seu. E como eu queria que fosse! =/
Honestamente, eu desejo realmente muito, que eu não seja injusta com os sentimentos alheios, que eu saiba valorizar as pessoas boas que me são colocadas no caminho, mas que fazendo isso eu não fuja do que eu penso, do que eu sinto, do que eu quero viver.
Afinal, mesmo que doa, que seja dificil e que por tantas vezes dê vontade de desistir, estamos todos aqui decidindo o rumo da nossa vida -individual- e discutindo com o rumo da nossa vida a dois, cujo guia sabe perfeitamente como aprontar com a gente, simplesmente porque, se estamos aqui,é preciso que valha a pena.


nostalgia mode on

"Conto a nossa história em tristezas e glórias. O poema mais bonito que eu já li. É você está em todos os momentos que eu vivo e que eu desejo."

Ah que saudades de quando gostar de alguém era aquilo que alimentava corpo e espírito. Era aquele sentimento que nutria meus sorrisos, meus sonhos, meus desejos mais recônditos.
Que falta eu sinto de quando eu sabia o que era ser correspondida, de quando não doía, não fazia mal ter por alguém um sentimento tão bonito.
Num mundo tão contraditório assim, nem mesmo o amor se salva. Decidimos abrir o coração para que ele entre (porque apesar de impertinente, o amor não é mal educado, e não entra se a porta estiver fechada ou se não for convidado) e quando ele entra, se sente em casa, abala sua estrutura e te transforma em outro alguém.
Sua casa continua com a mesma arquitetura exterior, mas seus móveis lá dentro, só você sabe quanto eles já foram diferentes.
Mudanças podem ser positivas ou não. Seus móveis novos nem sempre vão ornar com o restante da casa, e caso realmente não ornem, a harmonia do seu lar estará abalada. É exatamente assim com o coração.
Não me lembro de quando foi que me permiti descobrir novos sentimentos, mas tenho certeza que desde então eu não tenho conservado em mim 1/3 do que eu já fui. E quanta falta eu me faço... 


sexta-feira, 12 de março de 2010

Minhas três ultimas semanas foram doidas! Estudar, estudar, estudar, estudar e estudar nas horas vagas... que os anjos me guiem e que tanto esforço valha a pena. (:
Mesmo estudando tenho falado com aqueles que sao prioridades *_*
A Bruna, o Gui, o Thii *_* melhores do muundo!!!  Além deles tem ainda uma turma beeem importante que me anima demais, me deixa lá em cima, que é fundamental pra motivar... Brigaada!
Mas pessoal.. como cansa! Ontem mesmo: quatro aulas seguidas de matematica... Hoje quatro de fisica... Tem que ter estômago! O_O
E eu to só enrolando aqui,pq nao tenho o que falar e to enchendo linguiça.
Fato é que to achando doido! UHEAUIHAUIHEIUAHU
E eu tenho que falar por aqui, porque hoje eu to sem meu diário que eu esqueci la no cursinho... mas é serio.. minha amiga é a MELHOR!! BRUNAA DO CEU, EU NAO SEI O QUE SERIA DA MINHA VIDA SEM VOCE! OBRIGADDA POR EXISTIR. ufa. *o*
Aula do Pi foi demais.. ele com aquela voz que é uma mistura de ator pornô com vendedor do carrefour , ARRASA!
Vou descansar... amanhã tem ingles. =/ Boa noite. ♥

domingo, 7 de março de 2010

 
Ela vive num conto de fadas muito longe para nós encontrarmos. Esqueceu o gosto e o cheiro do mundo que ela deixou pra trás. Tudo se resume às lendas que eu lhe contei. Os ângulos estavam todos errados agora: ela está tirando asas de borboletas! Então um dia ele a encontrou chorando encolhida no chão sujo..."Seu príncipe finalmente havia ido salvá-la" e o resto você pode imaginar. Mas era um truque! E o relógio soou 12 horas... Bem faça o favor de construir sua casa tijolo por tijolo ou os lobos vão derrubá-la!
Bem você construiu um mundo mágico porque sua vida real é trágica. É, você construiu um mundo mágico... Com seus pés no chão e sua cabeça nas nuvens. Vá pegar sua pá, vamos cavar um buraco fundo para enterrar o castelo! Se não é real você não pode ver com seus olhos, você não pode sentir com seu coração, e eu não vou acreditar! Mas se é verdade você pode ver com seus olhos ou até na escuridão... E é onde eu quero estar!