sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Passiva

A vida ta passando, eu tenho um milhao e meio de coisas pra fazer e nao consigo me focar, me concentrar.
Cade eu? Cade aquela disciplina?
De carpe diem em carpe diem eu vou atrasando tuuuuuuudo que eu tenho que fazer. Chega disso né gente.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Eu me entreguei demais
Eu imaginei demais
E o silêncio fala mais que a traição
Foi um devaneio meu
Um veraneio seu
E um outono inteiro
Em minhas mãos



Jorge Vercilo

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Você vai comigo aonde eu for. Você vai bem, se vem comigo.
Serei teu amigo e teu bem. Fica bem, mas fica só comigo :)

Quando o Sol se vai a Lua amarela fica colada no céu cheio de estrela.
Se essa Lua fosse minha, ninguém chegava perto dela a não ser eu e você,
ah, eu pagava pra ver...

Zeca Baleiroooo *_*

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

:)

Aprendi que a dor é didática. E que lição de ouro.
Já aquele primeiro sorriso, quando se quer chorar, é o mais dificil de ser aberto. É ele, no entanto, que nos movimenta, incentiva, impulsiona em direção a outros sorrisos, mais sinceros e convincentes pra nós mesmos.
Cada um de nós é que sabe onde aperta, onde intimida e onde fere. Em favor de nos sentirmos mais satisfeitos com nossa postura, visto que nem sempre quedamo-nos satisfeitos com a situação, deveríamos experimentar com mais determinação e confiança, abrir o primeiro sorriso.
Não é uma receita. É uma tentativa. Nós sorrimos e agradecemos, mesmo que com algum esforço. A vida, o tempo, a fé, enfim... algo externo e ao mesmo tempo visceral a nós, dá conta de cuidar do resto.
No final, sempre dá certo.
Sometimes it lasts the love, but sometimes it hurts instead.

domingo, 4 de setembro de 2011

Aaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhh....
tem gente que ta na nossa vidaa pra dar aquela pintada de coloridoo né.
Só conversei um pouco, umas besteiras com o Tide hoje, e meu dia ja mudou de tom.
Meu ânimo melhorou muitoo! Nada demais, mas realmente, me fez bem demais.
To mais feliz, mais cantarolante, mais vívida. XD
E amanhã vai ser melhor que hoje!
Sigo sem saber que lugar me pertence, que eu possa abandonar. ♪
E se eu não posso ter, eu fico imaginando. ♪
Saudades.