quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Enloucresça!

"Ainda lembro que eu estava lendo
só pra saber o que você achou
dos versos que eu fiz
e ainda espero resposta. ♪"

Foi essa a sensação vazia de comprimentar alguém que agiu como se eu não houvesse feito nada.
É fato que dia após dia nós temos que aceitar que decepcionamos as pessoas e que nos decepcionamos com elas. Será sempre assim. Mas, desculpem-me, sou humana, sinto, sofro, e essa indiferença me atinge!
O silêncio dele se fez resposta e desde então esse é o silêncio que grita ao meu coração. Este chora desesperado enquanto aquele insiste em magoar. Não é justo, definitivamente.
Por diversas vezes questionamos nosso sofrimento, questionamos a existência desses sentimentos que nos fazem sofrer...
Mudei em função de tudo o que sucedeu, e estou a beira de enlouquecer diante de tudo que eu quero, tão longe de tudo. Chegar ao azul do céu e não pegar as nuvens é atormentador e desconcertante, poucos resistiriam a tal tentação sem sofrer mudanças sejam elas conscientes ou não.
Quando te disserem, meu amigo, que sentimentos além de miteriosos, são poderosos e regem sua vida, não duvide! Trata-se de emoções cujas faces são diferentes para cada um de nós que as conhece, mas o significado de tudo sempre é o mesmo: o coração que em nós bate, é movido a emoções,sentimentos, e a nossa vida, portanto, sem eles torna-se um abismo imenso, do qual o único som e o único rosto que se ouve e vê, são os da nossa própria demência.
A nossa razão é fundamental, mas não é ela quem nos desperta para os mais incríveis valores e prazeres da vida. A razão sozinha, nos levaria à uma ignorância profunda, irremediável, dentro da qual jamais seríamos verdadeiramente prósperos. A razão longe da emoção seria vaga, nos levaria à loucura.
Enlouqueça, sim, mas enlouqueça de coração! Entenda que até mesmo o sofrimento é necessário, e por pior que seja, vale a pena, uma vez que sem ele, não reconheceríamos o doce sabor da felicidade.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

alguien como tu.

Estava ouvindo música e fiz isso:

"Tem sido difícil pensar em você
todos os dias,já virou rotina.
Não tem sentido depois de tanto tempo
acordar e dormir desejando você comigo.
Você virou minha sina.
Não parece justo sofrer pela falta do que eu nunca tive.
Saber que em mim arde a dor
do sentimento que mesmo sem rumo, ainda vive.
Você tem o dom de se tornar importante
e eu virei mestre em me crucificar
com o seu silêncio constante.
Faria-me um favor se sumisse da minha cabeça
Se parasse de se fazer presente no meu olhar
e por onde quer que eu vá, antes que eu enlouqueça."
Cause there's something about you that
speaks to my heart, speaks to my soul. ♪

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

to someone like you

If I only could feel your breath next of mine
If I could have you for more time
I'd give you all the sky in just one smile,
I'd take you to a paradise
to make you feel better for a while.
But you are so busy in your private world
when just one smile could change all of mine. ♥
Além do mais, é bom lembrar que a vida segue. ♪

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Better Together

"Não há uma combinação de palavras que eu poderia por no verso de um cartão postal
E nenhuma música que eu poderia cantar, mas eu posso tentar pelo seu coração
E nossos sonhos, e eles são feitos de coisas reais
Como uma caixa de sapatos com adoráveis fotos em sépia
O amor é a resposta ao menos para maioria das perguntas no meu coração
Como por que estamos aqui? E aonde nós vamos? E por que é tão difícil?
Nem sempre é fácil e às vezes a vida pode ser decepcionante.
Vou te dizer uma coisa, é sempre melhor quando estamos juntos. "
Sem mais.

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Anjo.

"Hoje eu acordei mais cedo, fiquei te olhando dormir, imaginei algum suposto medo, para que tão logo pudesse te cobrir, tenho cuidado de você todo esse tempo, você está sobre meu abraço e minha proteção. Tenho visto você errar e crescer, amar e voar. Você sabe onde pousar.
Ao acordar já terei partido, ficarei de longe escondido, mas sempre perto decerto como se eu fosse humano vivo, vivendo pra te cuidar, te proteger, sem você me ver, sem saber quem sou, se sou anjo ou se sou seu Amor." 

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Fight.

Ontem a noite eu discuti com a minha mãe. Discussão por uma bobagem! Aliás, por nadaa - 'bobagem' até é coisa demais pra ser dada como motivo.
Eu fui comentar alguma coisa com ela e a resposta já foi dada aos gritos. A partir daí,gritaria até ela mandar que eu me virasse sozinha e sem ela pelos proximos dias.
COMO?
Mãe, eu reconheço todo o seu esforço, te admiro por lutar tanto pelo que você quer. Eu assisto há 17 anos você desejar que a nossa familia evolua, que minha irmã e eu nos tornemos boas pessoas, eu sei o quanto você nos ama, e eu me encho de orgulho de você, por ser assim tão guerreira, trabalhadora e forte. Mas ontem, a senhora me chateou demais!
Eu sei o quanto você está estressada, aliás, o quanto você é estressada sempre, e isso inclusive me preocupa. Mas seu stress não justifica nem apaga suas atitudes. Mãe, olha pro dia de ontem, e tenta enxergar o que foi que eu fiz?
Porque hoje voce me disse que eu nao mereço certas coisas, sendo que ontem, eu fui conversar com você, mãe, e a primeira coisa que você fez foi começar a gritar! Pra quê? Olha pro passado, todas as vezes que voce gritou aqui em casa, adiantaram? Se voce colocar a mão na consciencia vai perceber que não. E entao, por que continua?
Mãe, eu me envergonho de nao ter alcançado nossos objetivos no ultimo ano, eu sei o quanto voce se esforçou pra mever entrar na faculdade pública, e eu nao consegui, mas nós sabemos que eu tentei.
Eu reconheço que não sou a filha que voce sempre quis ter, e que tenho milhoes de defeitos, mãe, me perdoa, mas enquanto voce está gritando, querendo ser ouvida, todo mundo aqui dentro perde a voz, e voce se recusa a escutar, porque simplesmente a razao tem que sempre estar com voce, indiscutivelmente. Pra que?
Assim a gente se afasta de voce. Quando nao te damos a atençao que voce merece, é porque voce tirou ela da gente... como eu queria ter coragem de te falar de todas as suas qualidades e dos seus defeitos... mas eu sei que você nao ouve!
Eu queria ao menos que você olhasse pra nós duas e visse como somos parecidas, qualidades e defeitos. E entao? Vamos OUVIR uma a outra? Vamos DIVIDIR os problemas? Vamos aprender a ADMITIR quando erramos? Porque fazer tudo isso sozinha, eu juro, não tem sido facil.
A briga de ontem foi pequena e boba, mas todo mundo sabe que pra um balde que está cheio de água, só mais uma gota pode ser suficiente pra fazer com que a água transborde. Eu te amo mãe, desculpa por tudo. ♥

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Think about this!

Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato.E então, pude relaxar.Hoje sei que isso tem nome... Auto-estima.
Quando me amei de verdade, pude perceber que minha angústia, meu sofrimento emocional, não passa de um sinal de que estou indo contra minhas verdades. Hoje sei que isso é...Autenticidade.
Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento. Hoje chamo isso de... Amadurecimento.
Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo.Hoje sei que o nome disso é... Respeito.
Quando me amei de verdade comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável... Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo. De início minha razão chamou essa atitude de egoísmo.Hoje sei que se chama... Amor-próprio.
Quando me amei de verdade, deixei de temer o meu tempo livre e desisti de fazer grandes planos, abandonei os projetos megalômanos de futuro.Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo.Hoje sei que isso é... Simplicidade.
Quando me amei de verdade, desisti de querer sempre ter razão e, com isso, errei muitas menos vezes.Hoje descobri a... Humildade.
Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de preocupar com o futuro. Agora, me mantenho no presente, que é onde a vida acontece.
Hoje vivo um dia de cada vez. Isso é... Plenitude.
Quando me amei de verdade, percebi que minha mente pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando a coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma grande e valiosa aliada.
Tudo isso é... Saber viver!!!
[Charles Chaplin]

Espero logo aprender a me amar de verdade. ;D

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Reflexão

Tem o amor várias maneiras que ultrapassam as fronteiras de qualquer reflexão. Bem, pode ser uma fogueira que se apaga na primeira breve chuva de verão
Eu vi por amor sincero alguém jurar, a estrela Dalva ir buscar e ao seu bem oferecer.Também, quem um dia viu a dor pousar e num sonho azul de amor secar toda fonte do prazer. Sei, eu sei, que o amor é um mistério, o mais rico dos minérios que enriquece o coração
Mas, quando não levado a sério, leva ao trono o império pro domínio da ilusão. E faz o mais duro coração chorar, no escuro uma luz brilhar como por encanto e assim, quem souber contar o segredo do amor terá o sublime dom de revelar o principio e o fim.

[porque eu acho que todo mundo já viu ou ouviu
alguma manifestação artistica e sentiu que naquele momento
aquilo poderia ter sido feito por voce,
ja que seus sentimentos todos estao representados alí.]